Essa comunidade é o reduto das pessoas interessadas nessas duas especialidades da ciência criminal, que até então não tinham como discutir, trocar informações e novidades sobre a criminologia e psicologia forense.

Postagem em destaque

Serial Killers - Parte XI - Mitos Sobre Serial Killers Parte 6

#6: ELES SÃO TODOS BRANCOS Contrariando o mito popular, nem todos os serial killers são brancos. Serial killers existem em todos os gr...

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Recomendações da Semana!

LIVROS

- Women Who Kill: Profiles of Female Serial Killers


Autor: Carol Ann Davis
Paperback: 288 pages
Publisher: Allison and Busby (March 1, 2011)
Language: English

Carol Ann Davis profiles fourteen women who used arsenic, manual strangulation, suffocation, lethal injection, multiple gunshots and stabbing to kill their victims. Each killer is the subject of a separate chapter, exploring her childhood, lifestyle and sexuality. There is analysis of the murder, the trial and the subsequent imprisonment of every woman. Ms. Davis comments on the classification of female killers, how society may underestimate dangerous women, and what it is that can turn ordinary women into killers.



- Mulheres que Matam

Mulheres que matam


Este livro apresenta o retrato da mulher que não é apenas vítima dos maus-tratos e da discriminação social que a enquadra no padrão culturalmente construído de mãe, esposa e dona de casa. Rosemary Almeida mostra em sua pesquisa uma mulher que, a partir dos crimes adquire a visibillidade social, sinalizando para o público a violência como uma criação, uma forma de se libertar de uma situação frequente de invisibilidade. Se a mulher ainda é despercebida como autora de assassinatos pelo campo jurídico, este livro revela o deslocamento da figura feminina que sofre o poder e a violência - sujeito passivo, privado - para aquela que age e impõe poder e violência - sujeito ativo, público. Faz emergir uma mulher que encarna ao mesmo tempo, a figura materna e mansa da "dona de casa" e a figura vilã e valente da "mulher de rua" que ao viver essa tensão, cria novas representações sociais para seus crimes e fabrica uma forma de se impor, apresentando sinais que questionam a sociedade instituída e um mundo de significações sobre a condição feminina.

Autor: Rosemary De Oliveira Almeida
Editora: RELUME DUMARA
Ano de Edição: 2001
Nº de Páginas: 197


- Infamous Lady




This biography explores the life of the 16th-century "Blood Countess" of Hungary, Erzsébet Báthory. Reputed to be both a vampire and the world's worst female serial killer, she allegedly bathed in the blood of her 650 victims. Based on newly-found source material, translated into English for the first time, this book explores the actual life and trial of Countess Báthory, through letters, documents, and trial transcripts.

Paperback: 340 pages
Publisher: CreateSpace Independent Publishing Platform (October 27, 2009)
Language: English


- SÉRIES

Mulheres Assassinas

MujeresAsesinas

Mujeres Asesinas, série mexicana produzida por Pedro Torres, apresenta em cada capítulo a história de uma determinada mulher que, por fatores diversos, se tornou assassina. A trama é baseada nos livros escritos pela jornalista argentina Marisa Grinstein e cada temporada conta com 13 episódios.

A ideia para criar a série surgiu após a publicação do livro baseado em casos de homicídio, casos reais. O livro leva precisamente o título ‘Mujeres Asesinas”. A maioria das adaptações contadas foram feitas por Lilliana Escliar e também por Grinstein. Para a realização da versão mexicana de Mujeres Asesinas, a produtora televisiva optou por incorporar elementos de força, agilidade e tensão.






Reações:

0 comentários:

Postar um comentário